Freqüência e gravidade das reações alérgicas agudas aos meios de contrastes paramagnéticos (Gadolínio) em crianças e adultos. Frequency and Severity of Acute Allergic-Like Reactions to Gadolinium-Containing IV Contrast Media in Children and Adults
Artigo publicado na American Journal of Roentgenology - AJR 2007; 189:1533–1538 Jonathan R. Dillman, James H. Ellis, Richard H. Cohan, Peter J. Strouse, Sophia C. Jan Principais destaques deste estudo:

• Foram estudados retrospectivamente 78.353 administrações endovenosas do meio de contraste contendo gadolinio, no período de 01/01/2001 a 31/12/2006, sendo 65.009 adultos e 13.344 crianças, sendo 54% pacientes femininos e 46% pacientes masculinos. • Deste total de administrações de gadolínio, foram registradas 54 reações alérgicas agudas (correspondendo a 0,07 %), com freqüência de 0,04 % em crianças e 0,07 % em adultos. Do total de 54 reações, 35 ocorreram em mulheres e 19 em homens. • A idade média dos pacientes que tiveram reação foi de 47 anos (de 22 a 74 anos) e para as crianças de 9 anos (7 meses a 15 anos). • Dos pacientes que tiveram reação alérgica, 40 (74%) tiveram reação considerada leve; 10 (19%) moderada e 4 (7%) grave. Nenhum caso de óbito foi registrado. • 25 (50%) dos 52 pacientes que tiveram reação ao contraste tinham um ou mais fatores de risco identificáveis. Seis pacientes (12%) tinham história de reação alérgica prévia ao gadolinio.Três pacientes (6%) tinham história de reação alérgica a meio de contraste iodado e dois pacientes (4%) tinham história de asma. Vinte pacientes (38%) tinham história de alergia a outros medicamentos e dez pacientes (19%) tinham um ou mais fatores de risco. Metade dos 52 pacientes (50%) não tinham nenhum fator de risco aparente.

Classificação da gravidade e manifestações das reações alérgicas ao meio de contraste. American College of Radiology (ACR)

Efeito collateral (a) Leve (b) Moderado (c) Grave (d)
Náusea
Vômito
Alteração no paladar
Sudorese
Calor
Rubor
Ansiedade
Prurido
Rash cutâneo
Urticária
Tosse
Congestão nasal
Espirro
Edema palpebral leve
Edema facial leve
Dispnéia
Broncoespasmo
Edema laríngeo leve
Taquicardia sintomática
Bradicardia sintomática
Hipotensão
Hipertensão
Insuficiência respiratória grave
Perda da consciência
Convulsão
Arritmia
Angioedema progressivo
Parada cardiorrespiratória 

 

Obs: Pacientes que apresentam múltiplas manifestações são classificadas de acordo com o sinal ou sintoma mais grave.

(a)    São respostas fisiológicas ao meio de contraste e não são consideradas reações alérgicas.
(b)    Não requer intervenção médica, exceto a necessidade de possível anti-histamínico em caso de reações cutâneas.
(c)    Requer tratamento medico imediato ou transferência para o pronto Socorro.
(d)    Risco de vida. Transferência imediata para o pronto Socorro.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar